segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

O "Debut" que paralisou a Bolsa

Prezados,

O número de ordens de compras e vendas dos papéis da debutante BM&F foi tão grande que o sistema de negociação da Bovespa (o Mega Bolsa) entrou em pane. Já no leilão de abertura do mercado, às 11 horas, para fixar o primeiro preço de negociação da BM&F, o grande número de ofertas sobrecarregou o sistema.

Segundo a Bovespa, o volume de negócios foi três vezes maior que o recorde anterior, que foi o da estréia da Bovespa Holding.

Isso atrapalhou a definição de preço dos papéis da BM&F, que só ocorreu às 12h14, mais de uma hora após a abertura da bolsa.
A avalanche de ofertas para a BM&F prejudicou a negociação de todos os outros papéis listados na bolsa, já que o sistema é o mesmo e as ordens da BM&F atravancaram o fluxo dos negócios.


No frigir dos ovos....

As ações ordinárias da BM&F fecharam o primeiro dia em alta de 22%, com volume de R$ 2,612 bilhões. Os números são significativos, mas ficaram abaixo dos da Bovespa HLD, que no dia de sua estréia negociaram R$ 5 bilhões e se valorizaram 50%.

Um comentário:

contato disse...

Realmente...me lembro que eu tinha entrado no rateio e mandei a ordem de venda no leilão de abertura...

Mas como o preço só foi definido mais de 1 hora depois da abertura, fiquei sem sabem o que fazer.

Em vários outros blogs e orkut havia pessoas perguntando o "o que aconteceu ?"

www.estrategiadigital.com.br